Benefícios do yoga para corredores

É certo e sabido que corredor que só corre lesiona-se. Tem de complementar com outras atividades, como de reforço muscular, por exemplo. Mas sabias que podes tirar benefícios de outras atividades com o yoga? E não, não tens de ir para a primeira aula já a pôr o calcanhar na nuca! O yoga é para todos! Para os mais flexíveis e para os menos flexíveis!

Se és dos que tem menos flexibilidade, isso vai mudar! E o yoga não é só para meninas jovens, é para todos os géneros e idades. Portanto não se aplica a célebre frase “Isso é para ti que és jovem!”.

A corrida, pela sua natureza, é repetitiva e causa impacto. Este impacto pode resultar em desequilíbrios físicos e o yoga vai ajudar-te a restaurar esse equilíbrio e simetria corporal. Além disso, o yoga ajuda-te a alongar vários músculos (até músculos que não sabias que tinhas!). Algo que podes fazer é aplicar estes alongamentos aprendidos no yoga depois das tuas corridas (sejam elas treinos ou provas).

De seguida vamos enumerar alguns aspetos que irão melhorar se complementares o teu treino com yoga:
Flexibilidade | Irás alongar bastante o corpo, diminuindo a tensão existente nos teus músculos. Assim, a tua rigidez irá diminuir e tornará os teus movimentos mais fluidos.

Força | Os corredores têm pernas fortes, mas se só correrem e não complementarem com outras atividades, a parte superior do corpo não será tão forte. Como as poses do yoga implicam a utilização de todas as partes do corpo, ajudará as tuas pernas e trabalhará o teu tronco e braços que são tantas vezes negligenciados. Fortalecer o tronco e braços ajuda-te a ter uma melhor postura no teu dia-a-dia e durante a corrida. Ao fortaleceres a parte superior do teu corpo também reduzirás a probabilidade de ocorrência de lesões.

Equilíbrio biomecânico | Uma maior utilização de certos músculos em detrimento de outros causa desequilíbrios musculares. Em atletas, estes desequilíbrios levam, muitas vezes, à ocorrência de lesões. Poses básicas do yoga exigem um equilíbrio de grupos musculares opostos. Nestas posições, enquanto alguns músculos alongam, outros contraem. Assim, haverá um equilíbrio entre força e flexibilidade levando a um equilíbrio mecânico ao longo do tempo.

Recuperação ativa | Esta é uma forma de recuperares dos treinos e provas de forma ativa.

Respiração | A capacidade pulmonar é de extrema importância para atletas corredores, sendo necessário manter uma respiração constante durante a corrida. Quanto melhor a nossa capacidade pulmonar, mais oxigénio circula pelo nosso organismo e correremos mais e melhor. Contudo, na corrida, fazemos inspirações e expirações rápidas e pouco profundas, utilizando apenas a parte superior dos nossos pulmões. Já o yoga foca-se na respiração profunda e pausada, inspirações fundas e expirações longas, trabalhando o pulmão no seu todo. Esta forma de respiração aumenta a capacidade pulmonar, tendo resultados positivos em endurance e melhorando a performance em geral.

Portanto, tens aqui um bom leque de razões para complementares a tua atividade física com umas aulinhas de yoga! Esta é uma das aulas disponíveis num Fitness Hut perto de ti! E depois de treinos puxados, que bom que sabe!

E o que sabe mesmo bem é uma aulinha destas a uma segunda-feira de manhã, porque depois de um fim-de-semana de provas ou treinos longos, esta recuperação ativa vai ajudar-nos a recuperar e preparar-nos para enfrentar a semana que começa!

Por Carla Tabaio

Fonte: Yoga for runners, de Christine Felstead.