Correr de meias altas, terá vantagens?

Qual a razão que levou Paula Radcliffe ( 2.15.25, Maratona de Londres/2003), a usar meias compridas em todas as competições que entra. Acho que não é moda, um Lock novo, ou será algum problema de saúde que o atleta tenha e com este tipo de meia tanta esconder o seu problema? A campeã utiliza estas meias deste 2000, e seis anos mais tarde outros atletas começaram a utilizar também.

Os dados científicos
O que acontece quando um atleta está a correr, é que todo o seu organismo está centrado no bombear constante do coração, cuja função é transportar oxigénio aos grupos musculares que se encontram directamente em actividade. Em termos gerais, tudo isto pode ser comparado a estarmos perante um grande motor que começa a trabalhar intensamente para levar o sangue carregado de oxigénio ate um determinado local, trazendo de volta o , mesmo sangue, mas agora carregado de toxinas provocadas pelo esforço. É aqui que o grande problema de quem esta a correr, pois se é “ fácil” levar o sangue com o oxigénio para os músculos, difícil começa a ser carregar as toxinas para o coração e eliminá-las pelas vias respiratórias.

Se nos detivermos nos músculos inferiores das pernas, mais precisamente na zona dos gémeos, verificamos que a musculatura nas paredes das artérias reage às diferentes pressões através da compressão exercida, aumentando a pressão na zona da artéria, o que vai facilitar a circulação periférica e, portanto, permiti um melhor fluir do sangue.

O segredo das meias altas pode ter sido aqui encontrado através da explicação que tentei fazer. Realmente existem vantagem do sistema nervoso da parte inferior da perna, então poderemos estar perante a uma adesão dos corredores meio fundo e fundo.

As principais vantagens destas meias são:
• Melhorar a performance atlética, mantendo repetida alto desempenho
• Reduzir a vibração muscular,
• Reduzir o risco de Lesões
• Mantém a temperatura do corpo
• Reduzir a acumulação de creatina quinase, que é um indicador do tecido muscular danificado.
• Redução da dor muscular durante a recuperação pós-treino