Ester Alves parte à conquista de 2 continentes em 90 quilómetros


Romeu Gouveia presente no Campeonato da Europa de Km Vertical

Ester Alves vai participar na 2.º edição da Euráfrica, a prova de trail que se passa entre dois continentes e tem o Estreito de Gibraltar como fonteira natural. A Euráfrica desenvolve-se na Reserva da Biosfera Intercontinental do Mediterrâneo, uma das reservas reconhecidas pela UNESCO, onde os atletas vão encontrar paisagens de beleza incomparável. A Euráfrica oferece 3 modalidades, mas a prova rainha, onde a atleta da Salomon Suunto Portugal participa, tem 90 quilómetros com 10 828 metros de desnível acumulado, divididos por 2 etapas. A primeira etapa tem um traçado de 50 quilómetros pelo Parque Natural de Alcornocales e parte quinta-feira às 9h da manhã (hora local), a segunda etapa parte no Sábado, depois de um dia de descanso, e tem um traçado de 40 quilómetros pelo Parque Nacional Talassemtane em Marrocos. 

Ester Alves adora provas por etapas e esta será também uma preparação para o desafio que se segue, o Evereste no próximo mês.

Ester é uma das favoritas à vitória, mas terá que se defrontar com nomes como Noelia Camacho, campeã andaluza de ultra trail, Anna Comet e Ana Cristina Constantin, terceira na classificação geral da Spain Ultra Cup XL.

O evento abre oficialmente hoje, onde também haverá espaço para uma corrida vertical no Estreito de Gibraltar-#VisitGibraltar Vertical Race, com o objetivo de unir as três culturas no desporto e natureza.

Romeu Gouveia já está em Limone na Itália para disputar o Campeonato da Europa Km Vertical que terá lugar a 13 de outubro. O membro mais novo da Salomon Suunto Portugal, é um dos 6 selecionados já que foi o melhor português no KM Vertical do Campeonato do Mundo de Skyrunning Juniores em 2016 e 2017 e foi 3.º classificado na 4.º etapa do Vertical Kilometer World Circuit.

A prova começa às 6h da manhã (hora local) e tem uma escalada vertical de 1100 metros e cerca de 3 km, para os quais Romeu leva grandes expectativas. “Espero subir na classificação alcançada no ano passado (26.º), mas também divertir-me e desfrutar dos trilhos” comentou Romeu.

 

Deixe uma resposta