Montejunto Trail 2016 / O texto

0

No passado dia 24 de Abril de 2016 decorreu a prova “Montejunto Trail 2016”, evento constituído por corrida de trail running em três distâncias, 38 kms, 21kms e 9 kms, e por caminhada ecológica guiada com 9 kms. As diferentes provas tiveram partida e chegada no Quartel da Força Aérea Portuguesa, Estação de Radar nº 3 da Serra do Montejunto. 

Foi um evento realizado pela Câmara Municipal de Alenquer e pela Câmara Municipal de Cadaval, com o apoio do Clube de Desporto Aventura – Tough Trails Alenquer e da Associação de Solidariedade Montejunto.

O Trail Longo –  38 kms teve início anunciado para as 9 horas, percorreu trilhos, caminhos rurais e estradões da Serra de Montejunto, maioritariamente em terra batida e em terreno acidentado, com um desnível positivo de 1.900 metros, sendo classificada como grau 3 de acordo com os critérios da ATRP (Associação de Trail Running de Portugal). Os atletas desta distância puderam contar com 4 abastecimentos líquidos e sólidos e o abastecimento final na meta.

O Trail Curto –  21 kms teve início cerca de mais minutos mais tarde, percorreu trilhos, caminhos rurais e estradões da Serra de Montejunto, maioritariamente em terra batida e em terreno acidentado, com subida acumulada de 1.100 metros, sendo classificada como grau 3 de acordo com os critérios da ATRP (Associação de Trail Running de Portugal). Os atletas desta distância puderam contar com 3 abastecimentos líquidos e sólidos e o abastecimento final na meta.

O Mini Trail e a caminhada – 9 kms, tiveram início às 9h30m, percorridos maioritariamente em terra batida, com percurso surpresa. Os atletas e os caminheiros desta distância puderam contar com 1 abastecimento líquido e sólido e o abastecimento final na meta.

O percurso de ambas as distâncias foi fantástico com singles tracks incríveis, zonas de dificuldade desafiantes, cenários e paisagens admiráveis.

Fomos brindados com um dia que anunciava nevoeiro mas em que o sol nos viria visitar perto da hora de início das provas e que permitiu aos atletas avistar, no topo da serra, a Serra da Arrábida e a Serra de Sintra, além das várias serras em redor como as Serras de Aire e Candeeiros, do rio Tejo, e das Berlengas.

A organização prometia percursos reformulados, para as provas de 21 e 38km, pensados para levar as capacidades dos atletas do trail running ao limite, e não desiludiu.

Foi visível o esforço e trabalho empreendidos pela organização, que desde já enaltecemos, na procura do melhor percurso. Foram inúmeros os trilhos “abertos” para o evento, os atletas chamados a um trajecto muitas vezes decalcado na serra, sem carreiro ou trilho natural. O percurso estava impecavelmente marcada, com as mudanças de direcç, sem deixar margem para enganos.

Um dos pontos mais importantes, na nossa opinião, para um atleta é efectivamente o percurso e no domingo sentimos que estávamos a correr no meio da serra, literalmente.

A vista, sublinhamos, foi soberba…

O Mini Trail de 9 km foi novidade desta edição.

Ainda que nenhum atleta tenha participado na caminhada, quem o fez teve o prazer de passear pelo Montejunto em pleno ambiente de primavera. Foi preparada uma caminhada ecológica fantástica, com guias muito experientes e conhecedores da Serra de Montejunto, com a extensão de 9 km e vários pontos de interesse.

Associada ao Montejunto Trail de 2016 esteve também uma vertente solidária. A Delegação de Alenquer da Cruz Vermelha Portuguesa esteve presente para recolher alimentos para o projeto Lancheira Escolar, quem foi correr ou caminhar podia juntar-se à causa levando um pacote de leite e outro de bolachas.

Ao longo do percurso elementos do staff, em locais específicos, orientaram os atletas em caso de necessidade, registaram ocorrências e prestaram apoio em caso de necessidade.

Gostaríamos também de sublinhar a simpatia e amabilidade de todos os voluntários, desde o secretariado, aos postos de abastecimento e controle, às travessias de estrada, aos fotógrafos, sempre preocupados com o nosso bem-estar. Foi um prazer cruzarmo-nos com todos os voluntários e fotógrafos, a quem deixamos uma palavra de apreço.

Também os caminhantes com quem percorremos parte dos percursos foram de uma simpatia inigualável, quer no apoio e motivação, que tanto nos ajudaram.

O serviço ambulatório esteve a cargo dos Bombeiros Voluntários de Alenquer e Bombeiros Voluntários do Cadaval, com um Plano de Evacuação e Socorro, com equipas e meios de apoio, socorro e emergência espalhadas ao longo do percurso, de forma a prestarem os cuidados necessários a potenciais acidentes que poderiam ocorrer durante o evento.

                No final da prova, ainda fomos presenteados com um belo almoço, o que é sempre uma óptima forma de recuperar do esforço da prova e de conviver com amigos deste mundo do trail.

                Terminamos com a lista de vencedores e com um agradecimento à organização e a todos os parceiros que tornaram este evento possível com o sucesso alcançado.

Bem hajam.

Os vencedores do Trail longo de 38km foram:

1º Tiago Godinho, Caracol Trail Team (3h51m54s)

2º Pedro Ribeiro, Caracol Trail Team (4h09m02s)

3º Paulo Pires, SS CGD (4h24m26s)

Na geral feminina as vencedoras foram:

1ª Sofia Agostinho, Aminhacorrida/Kalenji (5h04m28s)

2ª Rita Lopes, individual (5h42m39s)

3ª Su Raposo, Correr Lisboa (6h04m38s)

No que diz respeito ao trail curto de 21km os vencedores foram:

1º Fábio Fontoura, individual (1h54m26s)

2º João Pereira, Aminhacorrida/Kalenji (2h14m56s)

3º Guilherme David, Aminhacorrida/Kalenji (2h17m12s)

A classificação feminina foi:

1ª Cristina Ponte, Aminhacorrida/Kalenji (2h20m34s)

2ª Sara Reis, individual (2h48m48s)

3ª Geisa Correia, O Mundo da Corrida (2h49m27s)

Os vencedores do Mini trail de 9km foram os seguintes:

1º Pedro Rosa, individual (48m03s)

2º José Alves, Escola de Atletismo do Cartaxo (48m37s)

3º Diogo Jesus, individual (53m38s)

Na geral feminina as vencedoras foram as seguintes:

1ª Sara Rodrigues, individual (1h02m07s)

2ª Eva Costa, individual (1h02m34s)

3ª Ana Costa, individual (1h09m17s)

                Sofia Agostinho e João Diogo