Trail Running


Sapatilhas de corrida para trail running

Qual o tipo de corrida e qual o nível que pretende praticar?

O tipo de atividade condiciona as características do calçado.

A prática de atletismo pode ocorrer em diversos tipos de terrenos: em estrada, em empedrado, na areia, no parque, em áreas com pedras soltas, em terra batida, em áreas com matéria orgânica seca ou húmida, num bosque ou em trilhos.

Os sapatos para correr no asfalto são diferentes dos que se utilizam para correr em trilhos e/ou montanha.

No caso de trilhos acidentados e/ou com declives acentuados, o mais adequado é procurar sapatos específicos com características únicas adaptadas ao fim a que se destinam, que normalmente os sapatos de estrada não possuem.

Dos quais:

1. A Sola

A sola é talvez uns dos fatores que mais contribuem para diferenciar e categorizar o calçado de corrida. Os sapatos para trail possuem uma sola mais agressiva que a sola dos sapatos de estrada. Isto porque quanto maior for a dureza e tecnicidade do terreno, maior terá que ser a firmeza e agressividade da sola, de forma a melhorar a estabilidade e tração.

Existem alguns fabricantes que incorporam nas solas dos sapatos pequenos pitons em metal, de forma a aumentar a tração.

2. Sola Intermédia

Na sola intermédia, alguns modelos mais técnicos incorporam placas em termoplástico para proteger o corredor das irregularidades do terreno e para aumentar a estabilidade. Desta forma reduz-se a quantidade de material usado na sola, aproximando o centro de gravidade do sapato ao solo.

3. Caixa de dedos

Esta é protegida com tecido ou borracha, para que em trilhos mais acidentados ou com pedras, os dedos sofram o mínimo impacto, além de melhorar a durabilidade dos sapatos.

4. Impermeabilidade

A questão da impermeabilidade é extremamente importante no caso do indivíduo correr em locais com poças de água, ou lama. Assim, se os sapatos se destinam a uma prova/treinos em zonas com excesso de, a impermeabilidade não é uma questão relevante porque a água acabará por entrar.

Após responder a esta questão, o indivíduo deve procurar calçado que possua ou não membranas impermeáveis, como por exemplo o Gore-tex® ou o Sympatex®.

5. Estabilidade

Tal como os sapatos de estrada, os sapatos para uso em trail/montanha destinam-se a tipos de corredores diferentes, cujos pés se comportam de forma diferente em corrida.
Existem sapatos para pronadores, supinadores ou corredores neutros.

Desta forma, a biomecânica do corredor acaba por condicionar a escolha dos sapatos, pois se os sapatos não forem adequados, as lesões poderão acontecer mais facilmente.

Sapatos de trail com tecnologia de estabilidade (para indivíduos com pronação)

6. Acomodação

É de extrema importância que o pé possua espaço dentro dos sapatos. Logo deve experimentar os sapatos ao final do dia e deixar uma folga igual à largura da unha do dedo polegar entre o final do dedo mais longo e o início dos sapatos (comummente corresponde a um tamanho acima).

Modelos

 
Adidas
Salomon
Nike
Skechers
Saucony
Kinvara
Kalenji