Sinais que mostram o teu vicio a correr

Quando começamos a correr, pensamos logo que correr nunca será um vício.  E ainda, sem perceber, a cada passo, e ao correr do tempo os teus ” familiares”, dizem – és um viciado na corrida.  Então, como reconhecer o fenómeno? A lista de sinais de aviso foi compilada. 

Na segunda-feira, tens dificuldade para andar porque fizeste uma viagem longa no dia anterior.

Descobres músculos desconhecidos que fazem sofrer bem depois de algumas corridas, onde sabes os nomes deles todos.

“Reclamas os preços das corrida, mas preferes pagar 15 euros por uma corrida, que 7 euros por uma refeição

Correr uma meia maratona não te assusta mais. Até pensas, correr 21 km é para meninos!

Tirar 30 segundos ao teu melhor tempo numa prova de 10 km é como tivesses ganho a um queniano.

Tem mais t shirt´s em casa que roupa de sair

Consegues falar com um fisioterapeuta os nomes técnicos das lesões ” síndrome do piriforme”

Sabes o que é VO2Max, RP, KM/m mas não sabes o que quer dizer IVA ou IRS

Sabes a distancia certa da tua casa ao supermercado, trabalho, casa da sogra.

Por vezes num treino de 10 km, preferes dar 2 voltas ao parque infantil em frente a tua casa, que só fazer 9.800 metros.

Por vezes fazes mais de 60 km de carro só para ires correr 30 minutos com uns amigos.

A tua máquina de lavar já não sabe o que é lavar roupa de sair a mais de 6 meses.

Os aplicativos que usas no smartphone! Garmin Connect, Strava ou Runtastic.

Bem pior que não sair o euromilhões, é não sair para ir correr

Idas ao centro comercial –  lojas desporto

As músicas agora são escolhidas desta forma ” Correr maratona” ” correr rápido” correr recuperação”

Acordas as 5 da manha para comer massa, no dia treino longo

Domingo é dia de prova ou treino longo

Primeiras roupas arrumas quando vais de ferias ” sapatilhas, calções, t-shirt”

No Facebook conheces todos as paginas corrida

Solteiros procuram namorados/as atletas

Então, reconheceste em metade destes sinais? Então, sem dúvida: és um viciado tal como eu! Não entres em pânico, não importa, a corrida é uma boa droga;)

Se todos os vícios fossem assim, viríamos em paz.

 

Carlos Lopes