Tag: Revista Spiridon

A diferença pode estar no sal….

Quem corre apenas 100 metros, não dispõe sequer de tempo para pensar em abastecimentos. Porém, os que vão alinhar em qualquer meia maratona, não podem esquecer que, de 5 em 5 quilómetros, há uma zona absolutamente fundamental para que o seu rendimento atlético seja o desejado até que ultrapasse a meta. Referimo-nos, como é evidente, aos postos de abastecimento. Durante anos, invocava-se a água como fundamental … E os sais minerais?

Influência dos aplausos nas provas longa distância

Um curioso estudo pela Universidade de Sidney e abordando, sem dúvida, um tema bem curioso: a importância do estímulo dos aplausos dos espectadores no desenrolar de um esforço prolongado! Laboratorialmente, ficou demonstrado que tal estímulo exterior, normalmente associado aos encorajamentos por parte do treinador, do público, etc., acabam por reforçar a dinâmica dos atletas, elevando o seu grau de sensibilidade à fadiga e reforçando significativamente as impulsões nervosas face à estrutura muscular que se encontra em actividade.

As lesões do tendão de Aquiles nos corredores de fundo

Esta afirmação é tão comum nos corredores que treinam regularmente que chega a causar um certo receio nos atletas. A tendinite passa, invariavelmente, pelo repouso, pelo abandono forçado das pistas e em Portugal, nos casos mais graves, por meses de espera. Quem não conhece um atleta que não tem ou deve esta lesão, ? Sim, sofrer desta lesão assusta, muito principalmente quando se sabe que o único atleta português que conquistou uma medalha olímpica para o nosso atletismo ainda não encontrou uma solução  para o seu caso.

Trate você mesmo das unhas negras…

A “unha negra” é um tipo de traumatismo ligeiro que pode originar a necessidade de tratamento de um médico, embora, na maioria das vezes, o próprio corredor possa facilmente cuidar da respectiva cura. De acordo com a experiência dos Drs. Myles Schneider e Mark Sussman, autores do excelente livro “How To Doctor Your Feet Without The Doctor”, as “unhas negras”· podem ser tratadas pelo atleta desde que este siga os seguintes passos:

Casar em plena corrida

É natural que se acabe por conhecer muita gente nos grandes pelotões de corredores. Uma simples frase solta enquanto se aguarda o tiro de partida pode ser o princípio de grandes amizades e isso é mais fácil de acontecer do que se pode pensar. Na mesma sequência, entre centenas praticantes de corrida, é bem possível que também surja uma grande paixão, e se esse encontro aconteceu em pleno desenrolar do esforço, também pode levar alguns atletas mais caprichosos a pensarem casar exactamente no mesmo cenário em que trocaram o primeiro olhar.