- Publicidade -

, o sistema imunológico é fundamental para a nossa sobrevivência. Entre outras funções, a sua principal é combater vírus, bactérias e outros microrganismos para evitar o desenvolvimento de doenças no corpo.

O sistema imune age por meio de vários mecanismos classificados como inatos e adaptativos. A pele, os pelos e o muco são exemplos de mecanismos inatos, ou seja, que já nascemos com, e que agem contra agressores externos. Diferente dos inatos, os mecanismos adaptativos são desenvolvidos ao longo da vida, sempre que o organismo entra em contato com algum agressor externo. O linfócito T é um dos exemplos de mecanismo adaptativo mais conhecido popularmente.

Agora que você já conhece a importância do sistema imunológico para a sua saúde, que tal aprender a fortalecê-lo para evitar o surgimento de doenças na quarentena? Confira as dicas que separamos para você:

1. Mantenha uma alimentação saudável

Uma boa saúde começa pelo o que você se alimenta. Por isso, não deixe de seguir as recomendações médicas abaixo:

  • Evite refrigerantes, sobremesas em excesso e carnes pesadas e gordurosas;
  • Inclua alimentos in natura nas suas refeições como, por exemplo, verduras, legumes e grãos;
  • Substitua o doce por uma fruta durante o dia;
  • Hidrate-se com água, água de coco e sucos naturais.

Existem algumas vitaminas essenciais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico. Veja abaixo quais são e em quais alimentos encontrá-las:

2. Tenha boas noites de sono

Dormir de 6 a 8 horas por noite é fundamental para evitar sintomas de estresse, um dos maiores inimigos do sistema imunológico.

Estudos comprovam que o psicológico afeta diretamente o seu sistema imune. Por isso, prepare um ambiente aconchegante e confortável para você dormir. De preferência, limpo, sem barulhos e claridades.

3. Evite cigarros e bebidas alcoólicas

Para fugir da angústia da quarentena, pode ser comum o uso excessivo de cigarros e bebidas alcoólicas. Porém, fique atento! O tabagismo e o alcoolismo são péssimos para a sua imunidade, pois enfraquecem as células do seu organismo, limitando o seu poder de defesa.