- Publicidade -
Durante uma maratona, os pensamentos de um corredor mudam ao longo das milhas.

Decidimos prolongar a diversão (ou esforço) e lembrá-lo dos momentos que você provavelmente passou durante sua primeira maratona (e certamente o seguinte, com um toque de exagero)!
Aqui está uma pequena seleção de 8 marcos durante uma maratona.
 
Emoção: os primeiros 5 quilômetros
Esta fase ocorre durante os primeiros quilômetros. É isso mesmo! É o Dia D, depois de meses de preparação,você está lá! A emoção do começo, o incentivo dos fãs e do público… Essa alquimia que te dá energia extra. Vai ser ótimo! Vamos!
 
Negação: 5º. km ao 15ºkm.
Sentes que estás um pouco abaixo do seu ritmo habitual. Chega-se ao primeiro abastecimento, a observação é: “Muitas pessoas, não preciso”. Nos próximos quilómetros, percebes que te esqueceste  das ligaduras anti-bolhas ou do creme anti-fricção. Sabes que ainda está um pouco quente e que o primeiro pequeno galo chega, mas é por isso que estás um pouco abaixo.
 
Dizes a ti mesmo que depois de tudo isto é uma maratona: pequenas dificuldades! É normal, faz parte do desafio! E saltamos nós!
 
Conscientização: a partir do dia 15º. km para a semi
Sabes que vai ser mais difícil do que pensavas. Só 15 km? Sentes-te como se estivesse correndo por muito mais tempo estranhamente. As coxas começam a puxar e espera-se por cada reabastecimento como  Messias. Mas continuas a teu ritmo para chegar à semi-final. As primeiras dificuldades começam a chegar e você está dividido pelo desejo de ir ao WC. “Por que não fui antes de partir?” Depois lembras-te da fila enorme que estava.
 
Solidão: os 5 km após a semi
Apercebeste que há menos atmosfera, menos público e também uma menor densidade de corredores no pelotão. Os stands com música também estão a tornar-se mais raros. Os quilómetros passam muito mais devagar! 
Nem mais nem menos, aproveita-se para satisfazer as suas necessidades naturais!
Precisas de te hidratar e perguntas cada vez mais: “Porque sou eu o único a correr?”, “Perdi-me?”, “Ando agora?” Ou estou à espera um pouco? »
Então diz a si mesmo que faz sentido começar a alternar andar e correr…
 
Desespero: já nos 30km, por um pouco de um longo caminho!
Uma pergunta: “Por que me inscrevi?” Mas não pode ficar pior, pode?
 
A parede: dos 33km aos 38km
É isso, pensas que estás acabado! Nunca estiveste tão exausto. Andas e vês os outros corredores passarem à tua frente!
Vês os pacemakers passarem! É a revelação.
 
Renascimento: aos 42Km
Então dizes a ti mesmo que não treinaste para nada! Não vais desistir e desistir tão perto do golo! Lembre-se de todas as citações motivacionais que les-te no Running Club!
Lembras-te dos conselhos dos membros do fórum do Running Club e que o seguem, encoraje-o! Lembra-te daquele maratonista que terminou uma corrida com uma perna partida. Se o fez, também podes fazê-lo!
E depois sais, um pé à frente do outro, passo a passo! Com apenas uma ideia em mente: ser um finalizador!
A consagração: os últimos 195 metros!
Vês a linha de chegada! É isso, em poucos segundos, és um finalista! Cruzas a linha de chegada! Está satisfeito, és um maratonista! 
 
Duas opções:
 
1) NUNCA MAIS!
2) Você já está pensando na próxima maratona, mais determinada do que nunca para melhorar desta vez!
 
Você orgulhosamente usa sua medalha e camiseta (mas precisamos ajudá-lo a ir para o carro, porque você não pode dar mais um passo) já pensando na coluna que você vai fazer no face, a fim de compartilhar sua experiência com seus amigos!
Ana Monteiro