- Publicidade -

A bebidas energéticas são muitas vezes utilizadas como componente potenciadara de energia física e psicologia. Mas será que esse efeito lhes poderá ser atribuído!

As bebidas desportivas por norma são constituídas por pequenas quantidades de hidratos de carbono (6-8g1100ml) e electrólitos (sódío, potássio, cálcio e magnésio). Pelo contrário as bebidas energéticas contêm grandes concentrações de hidratos de carbono (25-30g/porção) associadas a outros elementos ergogénicos.

Tipicamente são constituídos por água, hidratos de carbono (p.ex.glucose, sacarose, maltodextrina), vitaminas, minerais e outros nutrientes (cafeína, taurina, aminoácidos, guarana, Ginkgo, carnitina, Giseng, chá verde, etc … ), que poderão aumentar a energia disponível, estado de alerta, metabolismo, e/ou performance.

A cafeína é o ingrediente mais comum entre as bebidas energéticas. Pertence à família das metilxantinas. Após a sua ingestão, é rapidamente absorvida 00-60 min após a ingestão). Têm um tempo de semi-vida de 2-10 horas até ser excretada pela urina. A sua dosagem deve ser 3-6 mglkg de peso corporal .

Outro componente importante das bebidas energéticas são os hidratos de carbono. O seu uso é aconselhado para esforço superiores a 60 minutos de duração, sendo a sua taxa de metabolização igual a 191min ou seja, em cada hora de exercício são oxidados 60g de hidratos de carbono.

A utilização das bebidas energéticas durante o exercício não é aconselhada, isto porque, a sua concentração
de hidratos de carbono é de 11-12%. Concentrações superiores a 10% de hidratos de carbono estão associadas ao desconforto gastro-intestinal e atraso no esvaziamento gástrico, pelo que é recomendável a sua diluição com água durante o esforço.

As bebidas energéticas apresentam também quantidades significativas de vitaminas (tiamina, riboflavina, niacina, vit B6, Vit B12, acido pantoténico e vitamina c) e electrólitos (sódio, potássio, fósforo, magnésio, etc ..), não existindo no entanto evidência sobre o seu beneficio no desempenho físico.

Todavia, são constituídas por outros elementos que têm demonstrado efeito no rendimento desportivo:

1)Aumento das funções cognitivas – taurina, Ginkgo, l-tirosina, citolina, [5-HTPI;
2) Estimulantes – cafeína, taurina, chá verde, tiramina, vinpocetina;
3) Outros elementos possivelmente ergogénicos-Giseng, L-carnitina, D-ribose, Balamina, inositol, citrolina.