- Publicidade -

Para ter um bom plano de treinos, é necessário ter estes itens:

– Aquecimento: serve para preparar o nosso organismo em geral para a realização de um esforço, tanto a nível articular e musculoesquelético, como a nível energético, fisiológico, etc.

– Parte principal de cada sessão: serve para desenvolver o aspeto concreto que se planificou. Cada sessão tem aspetos concretos que se relacionam com capacidades do nosso organismo que nos interessa desenvolver, mas que nem sempre são as mesmas. Cada um de nós tem pontos fracos e pontos fortes e são com as nossas características que temos que trabalhar os planos de treino.

Retorno à calma, que nos servem para terminar a atividade corporal pouco a pouco, diminuindo a frequência cardíaca e relaxando a musculatura. Serve para relaxarmos e para desfrutar do momento ‘endorfinas’ que nós tanto gostamos.

Se treinas em grupo, existe uma quarta parte, a parte social, em que te relacionas com os teus colegas de treino e repões energias com alguns alimentos, bebida e excelente companhia.

Posso acompanhar o treino de corrida com outros desportos?

Depende do teu objetivo. Se não estás preocupado com os tempos e só queres terminar a corrida e desfrutar o máximo, podes de certeza acompanhar a corrida com outros desportos mesmo que estes afetar o rendimento. Se pelo contrário procuras a melhor marca na prova de acordo com as tuas características, isto vai implicar uma filosofia de especialização, adaptação e otimização do nosso corpo até um gesto desportivo muito concreto como é o caso da corrida. Outros desportos de competição poderiam influenciar negativamente a desempenho.

O que posso fazer sem perder rendimento?

Não compenses. Na corrida a ordem dos fatores afeta o resultado e ao querer recuperar um treino perdido por alguma situação do dia a dia pode ser mais contraproducente do que benéfico.
Se quando queremos recuperar treinos fazemos treinos mais intensos no dia seguinte ou dois treinos consecutivos podemos estar a produzir um efeito negativo. Metabolicamente falando, o processo catabólico, que são os que geram destruição e degeneração no corpo, são mais frequentes dos que os anabólicos, que são os que estão encarregados de reconstruir, assimilar e de melhorar fisiologicamente o corpo; logo o resultado é bastante contraproducente.

Um programa de treinos tem de ser desenvolvido para satisfazer as necessidades individuais de cada atleta e ter em consideração vários fatores: sexo, idade, pontos fortes, pontos fracos, os objetivos, as instalações para os treinos,etc.

Como todos os atletas têm necessidades diferentes, um único programa adequado para todos os atletas não é possível. O objetivo desta página, é colocar Planos de treinos (iniciantes, 5Km,10 Km, meia maratona e maratona). Iremos publicar em 3 categorias “Iniciante, experiente e Pró”.No Iniciante, será um plano para todos os atletas a iniciar a distância pretendida. No caso do experiente será para atletas já com alguma experiência28 no atletismo. No Pró, será para atletas queiram bater os seus recordes na distância pretendida.Note-se que estes programas também têm de ser apoiado, além do plano de corrida tem que existir, nutrição, mobilidade e psicologia programada.
Antes de começar – Antes de iniciar qualquer treino, é recomendado que você faça um exame médico para garantir que é seguro, seguir os seus Objetivos. O treino da é da responsabilidade inteira do atleta que a execute.Para todos pretendam ser seguidos por um Técnico, podem entrar em contacto para este email…(aminhacorrida@gmail.com).

Iniciantes

Plano Provas de 10 Km

Plano Provas de Meia Maratona

Iniciantes

Itermedio

Avançado

Competição

Plano Provas de  Maratona

  1. Plano de Treino avançado para Maratona ( 2h40m00)
  2. Objectivo 1 terminar a prova  3 treinos por semana
  3. Objectivo 2: 4,00 horas na M ( 3 treinos por semana)
  4. Objectivo 3: 3,30 horas ( 3 treinos por semana)
  5. Objectivo 4 3,00 horas  ( 4 treinos por semana)