- Publicidade -

Apesar de correr ser um acto natural, perfeitamente ao alcance de qualquer um, a verdade é que existe um conjunto de regras, não escritas, que qualquer corredor deve observar no seu dia-a-dia competitivo. Para si, que agora está a iniciar-se nesta grande aventura da corrida (e também para si, corredor mais experiente, a quem convém recordar), deixamo-lhe aqui um conjunto de “dicas” para se familiarizar com este novo mundo e não se sentir mínima mente desamparado. Por outro lado, ajudando-se a si, sentindo-se confiante, não cairá em erros que prejudiquem as organizações que fizeram um grande esforço para lhe poderem proporcionar grandes momentos de inversão. Agora, leia e reflicta um pouco sobre as regras de etiqueta que aqui lhe deixamos.

PEÇA UM BOLETIM DE INSCRIÇÃO:

Contacte a organização da corrida e arranje uma cópia de um boletim. Envie a cópia. Leia atentamente as instruções e vai verificar que obtém importantes informações sobre a data da corrida, local das inscrições e maneira de encontrar o caminho. Se estiver bem documentado, sentir-se-á muito à vontade. Quando efectivar a inscrição não deve esquecer de preencher correctamente a data de nascimento.

ENTRE ADIANTADO:

Deve fazer-se por uma questão de motivação. Quando o atleta envia a inscrição pelo correio, estabelece um compromisso: decidiu participar na prova, A entrada adiantada simplifica o registo para corredor e organizadores. Em algumas provas, vão estar atentos à data de registo da inscrição, favorecendo-o; noutras, isso não acontece.

ESCOLHA O MATERIAL:

Muitos corredores gostam de planear a quantidade de equipamento que levam às corridas, incluindo os sapatos. Na noite anterior, escolha o material e, em especial, não se esqueça do número que lhe foi atribuído. Programe tudo em função das condições meteorológicas. A maioria dos corredores surge com roupas para correr, mas pode-se transportar vestuário para actividades a desenvolver após a competição.

PONHA O DOR SAL A FRENTE:

Nas provas de pista, muitas vezes, os atletas usam os números nas costas. Nas corridas de estrada, os números são colocados à frente. Transporte alfinetes a mais para se certificar que consegue segurar o número nos quatro cantos, mantendo-o direito, sem ser dobrado. Os dorsais dobrados, numa prova com cobertura de imprensa, poderão levar a retrocesso de patrocínios e, assim sendo, as organizações ficam em risco de não se repetirem.

CHEGUE CEDO A PARTIDA:

Quando o corredor é estreante, deve viver a experiência com calma e não se sentir apressado ou com stress. Aconselha-se que chegue cedo, com 30 minutos ou uma hora de avanço em relação ao horário da partida. Assim, tem tempo para recolher o seu número, fazer aquecimento ou ir à casa de banho. Observe os movimentos dos outros corredores e imite. Na altura em que toda a gente se dirigir à linha de partida, chegou o momento: aproxime-se e prepare-se.

FIQUE PARA TRÁS:

Não deve cometer o erro de começar a corrida no grupo da frente. Se tem pouca experiência fique para trás. As pessoas são mais amigáveis no meio do pelotão, pois apenas desejam terminar a prova e não pensam em correr mais depressa. Pode dar-se o caso de perder tempo até ultrapassar a linha de partida, especialmente em grandes corridas, mas as marcas são irrelevantes na primeira competição.

MARQUE ANDAMENTO:

o corredor estreante deve evitar o grupo da frente para não correr os primeiros quilómetros em ritmo muito acelerado. Após a partida, mantenha o andamento normal dos treinos ou corra ainda mais devagar. Se proceder dessa forma, apreciará melhor a corrida e estará atento a todos os acontecimentos. Guarde os recordes pessoais para corridas posteriores

SABOREIE O MOMENTO:

A primeira competição permite viver um momento especial. Se continuar a correr, vai participar em acontecimentos com muita importância, mas a estreia tem um carácter único. Faça o seu melhor e retire o máximo de prazer.