Corrida: a conquista do horário

0

Na vida, nada funciona sem “a conquista do horário”. Isso é algo que ocorre quando, não importa se o tempo está bom ou mau, nem qualquer outro acontecimento do dia a dia.

Se quer fazer uma coisa num determinado momento, simplesmente vá lá e faça. Sem desculpas esfarrapadas. Quando conquistamos um horário para nós mesmos, sequer cogitamos a possibilidade de fazer outra coisa no lugar do que pensámos.

Ninguém adia a data do nascimento de um bebé nem deixa para outra ocasião, o telefonema de aniversário para a mãe. Com o trabalho é a mesma coisa. Normalmente, definimos uma rotina e seguimo-la.

Essas datas, esses horários, são conquistas. E aí cabe a pergunta: por que não conseguimos fazer a mesma coisa com os nossos treinos’ Com raras e honrosas exceções, os corredores, encontram sempre um jeitinho de escapar dos treinos – especialmente se é dia de treino longo ou rampas. Quando viajamos não dá para correr, vamos usar o tempo livre para passeios.

Carnaval tampouco é época para se correr, assim como feriados. Natal, nem pensar. Finais de semana são para passar com nossas famílias. Em fase de muito trabalho, é preciso desacelerar. Se jantamos meio pesado, também. Se é dia de happy hour, também.

Se o nosso filho vai disputar a final do torneio de botão da escola, também. E por aí vai. .. Até que nos damos conta de que não conseguimos treinar nem metade das vezes que prometemos naqueles juramentos de Réveillon.

Falta de tempo para correr, é desculpa esfarrapada

Todo o mundo gosta de estabelecer uma data solene para fazer algo. Não acreditem em pessoas que farão algo formidável no Ano Novo, no aniversário de 40 anos, no equinócio ou, no mínimo, na próxima segunda-feira. As grandes decisões são aque las tomadas de estalo.

Alguns dos casamentos mais felizes acontecem quando os apaixonados dizem: “Vamos morar juntos amanhã!”. Por outro lado, casamentos depois de oito anos de namoro tendem a acabar em oito meses. Se há muitos corredores que não falham um treino, há outros para os quais, qualquer desculpa serve. Cabe a cada um conquistar tempo na sua agenda para treinar como se deve.

Não procure desculpas para o sedentarismo … Crie o seu pró- prio horário e… exercite-se