Este setubalense vai representar Portugal no campeonato mundial de duatlo

0

Marco Miguel vai participar na prova ITU Multisport 2019 Pontevedra, que acontece de 27 de abril a 4 de maio, em Espanha.

Marco Miguel, 28 anos, natural de Setúbal, é militar da Marinha. E é também o único atleta português da elite masculina a representar o nosso País no campeonato do mundo de duatlo de estrada. A prova chama-se ITU Multisport 2019 Pontevedra e decorre entre os dias 27 de abril e 4 de maio, na cidade espanhola.

A competição é composta por provas de elite de várias modalidades para atletas profissionais de duatlo (corrida e ciclismo), triatlo (natação, ciclismo e corrida) e aquatlo (natação e corrida). Marco, representante do Clube de Praças da Armada vai percorrer uma distância standart: dez quilómetros de corrida, 40 de bicicleta e mais cinco de corrida. Depois existe ainda a vertente dos age groups (grupos de idade), abertos à participação do público em geral dividido por faixas etárias.

O setubalense é primeiro-marinheiro e está na Marinha desde 2010. Fez a recruta em Vale de Zebro, na Escola de Fuzileiros e actualmente trabalha na Superintendência do Pessoal, na Ribeira das Naus, em Lisboa.

Faça chuva ou sol, Marco acorda todos os dias às cinco e meia da manhã, apanha o comboio às seis e meia e chega a Lisboa às sete horas. “Por volta das 7h20 corro entre 13 a 15 quilómetros, vou trabalhar e regresso a casa às 19 horas. A seguir volto aos treinos até às 20h30 e só depois é que vou descansar”, conta à New in Setúbal. Começou há cerca de três anos quando conheceu o seu treinador e massagista, Adelino Monteiro, que foi atleta de alta competição de atletismo no Benfica e no Sporting.

Mas a vida do jovem nem sempre foi de “pés assentes na terra”. Esteve dois anos a bordo do NRP Cisne, uma lancha de fiscalização rápida, que percorria a costa portuguesa, de Vila Real de Santo António até Caminha. O objetivo das missões era verificar se os pescadores estavam a cumprir a legislação. “Eram viagens difíceis, a lancha era muito pequena, com oito pessoas num espaço reduzido. Naquele cubículo fazíamos a comida e usávamos a cama para tomar as refeições”, explica.

Dessas viagens recorda as reações emotivas de alguns pescadores revoltados com as coimas aplicadas e também não esquece o dia em apanharam 25 kg de droga a boiar nas águas de Tavira, no Algarve. Nos tempos livres, gosta de fazer fotografia de rua e desportiva.

No futuro, a grande meta de Marco é “continuar na Marinha e obter o estatuto de alta competição dentro da instituição”. Quase todos os meses participa em duas provas. É atual vencedor da Meia Maratona de Évora, campeão regional de corta-mato, campeão nacional de duatlo sprint e vice-campeão nacional das Forças Armadas em corta-mato e atletismo de estrada.

Fonte:

newinsetubal.nit.pt