- Publicidade -

O evento, com a chancela Azores Trail Run®, decorreu ao longo dos últimos cinco
dias, no Faial, e contou com a presença dos melhores trail runners do mundo.
Chegou hoje ao fim o Golden Trail Championship by Salomon, evento que, ao longo
dos últimos cinco dias, trouxe os melhores trail runners do mundo aos Açores para a
maior competição mundial de sempre da modalidade.

O evento, que foi organizado pela marca Azores Trail Run®, contou com um elevado
nível de competitividade, com os melhores atletas do mundo a discutir não apenas o
título de campeão, mas também prémios em diferentes segmentos (uphill, downhill e
sprint). Neste âmbito, importa ainda destacar a presença dos atletas vencedores do
sorteio, que puderam superar-se num evento com alto nível de dificuldade.

As condições meteorológicas obrigaram a organização a fazer alterações drásticas em
duas das quatro etapas programadas: a ida ao Pico, prevista para ontem, foi
substituída por um circuito alternativo no Faial, e a etapa final, que decorreu hoje,
obrigou a uma alteração do percurso, para desviar os atletas da intempérie que se
fazia sentir na Caldeira. Todavia, a chuva, o vento e a lama foram só mais um factor de
diversão para os atletas, que foram partilhando nas redes sociais as suas conquistas a
cada etapa.

No final, tanto a organização Azores Trail Run® como a Salomon, marca promotora do
evento, fizeram um balanço muito positivo deste Golden Trail Championship. Para
Greg Vollet, responsável da Golden Trail Series da Salomon de há três anos a esta
parte, a colaboração com a marca açoriana foi muito proveitosa. Na cerimónia de
entrega de prémios, o representante da Salomon fez questão de salientar a qualidade
do evento montado e o excelente trabalho da organização.

Mário Leal, coordenador do Azores Trail Run®, referiu as dificuldades logísticas
causadas, essencialmente, pelas condições meteorológicas adversas, bem como todas
as preocupações e procedimentos adicionais de segurança no âmbito da pandemia de
Covid-19, salientando a satisfação da sua equipa pelo facto de ter sido possível montar
um evento que agradou aos atletas.

Também o Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia salientou que “este
evento, pela sua repercussão internacional, eleva a nossa promoção enquanto destino
turístico a outros patamares, tal como eleva a outros patamares o Azores Trail Run®,
que conseguiu organizar esta prova com toda a conjuntura que estamos a viver”. Gui
Menezes considerou ainda que toda a projeção mediática do evento “aumentará a
notoriedade dos Açores como destino turístico de natureza”, o que vai ao encontro
dos objetivos definidos para a Região neste setor.

O impacto mediático internacional do Golden Trail Championship é a grande mais-valia
da sua realização. Juntar tantos atletas de topo internacional no mesmo evento é algo
ao alcance de poucas organizações no mundo, e, como tal, para a organização, a
oportunidade não podia perder-se. “Este evento está a ter uma enorme projeção
mundial através das redes sociais e media generalista, que mostram de uma forma
única a natureza dos Açores, potenciando ainda mais a Região como destino de
excelência para desportos de natureza e outdoor”, explica Mário Leal, lembrando que,
a par desta projeção, existe a projeção trazida pela presença de jornalistas nacionais e
internacionais e ainda pelas redes sociais dos atletas, que por estes dias são uma
janela para o que de melhor os Açores oferecem enquanto destino de natureza.
Os grandes vencedores do Golden Trail Championship foram o polaco Bart
Przedwojewski e a suiça Maude Mathys, ambos atletas da Salomon.
O Golden Trail Championship contou com o alto patrocínio do Governo Regional dos
Açores, e com apoio do município da Horta.