- Publicidade -
Um modelo que, assim que calçado, se percebe de imediato a leveza do mesmo, uma das características ressalvadas pela marca, com o intuito de melhorar a performance durante a corrida, por via de uma melhoria da economia de esforço, sendo este modelo 12% mais leve que o Kiprun Long.

Sendo assim, resolvi testar o sapato e vários pisos: estrada (para o qual está desenhado), relva e trilhos não técnicos (estradão e terra batida). E o resultado foi satisfação total! Ainda para mais por ter tido oportunidade de os experimentar tanto em piso seco, como em piso molhado, em qualquer dos 3 pisos referidos.
O que mais se destacou, para além da leveza, foi, sem dúvida, a aderência e o amortecimento.
Para o amortecimento, a marca apostou na tecnologia K-ring, a qual consiste num anel que se encontra na zona do calcanhar e o, qual permite optimizar o amortecimento, dispersando assim a onda de impacto de foma eficaz e, consequentemente protegendo as articulações daquela. E tal sente-se, principalmente quando testado em descidas. Os meus joelhos são os primeiros a sentir o impacto, e, mesmo sendo um sapato com um drop de 10mm, os joelhos não se queixaram. É possível sentir a diferença no amortecimento, propiciando uma corrida prazeirosa e contínua.
No que refere à aderência, a sola foi desenvolvida como um pneu de automóvel, a qual permite manter o controlo da passada, mesmo em terrenos molhados ou mais escorregadios. E isso saltou à vista nos testes, quer em estrada, quer na relva, mesmo a velocidades mais elevadas. Nunca senti necessidade de abrandar, ou seguir com uma passada mais conservadora, por o piso se encontrar molhado. Pelo contrário, a confiança foi total, pois o sapato respondeu sempre à altura e com total segurança.
Já o conforto é outra nota alta neste modelo. Quer em treinos de velocidade e curtos, quer em treinos mais longos, e mesmo em pisos mais instáveis, como estradão e terra batida, o conforto é evidente. A sola anatómica em espuma de poliuretano em favos, o tecido com uma só peça e sem costuras, a inovação no rebordo na parte traseira do pé, todos estes detalhes contribuem para a sensação de conforto experienciada.
Como supinadora que sou, e, confesso, não sendo adepta de modelos muito direccionados, pois, no meu caso, a oferta escasseia, ter um modelo que se adapta a todos os tipos de passadas (que para mim faz todo o sentido), é uma mais valia no mercado. E tal deve-se ao conceito exclusivo K-Only – uma espuma mais densa no primeiro metatarso, que se revelou indicada para todos os tipos de passadas.
Eu que, normalmente sofro nas primeiras utilizações, este foi um modelo que me surpreendeu por o ter sentido como uma segunda pele desde a primeira vez que os calcei. Eu fiquei rendida.
Mais acresce o facto de ser um modelo que se encontra a um preço muito competitivo, face a outros topos de gama, e que se encontram ao nível deste, no que refere à performance evidenciada.
Características técnicas:
290 gr de peso
10mm de drop
Interior 100% poliéster
Sola 40% borracha, 60% EVA (acetato etileno de vinil)
Exterior 85% poliéster, 10% TPU (poliuretano termoplástico), 5% poliuretano
Para todo o tipo de passadas
PVP: 79,00€