Lesões mais comuns entre os corredores

0

Sabe quais são as regiões do corpo mais (acometidas) de lesões entre os corredores? Pesquisa realizada por professores e alunos do Programa de Mestrado em Fisioterapia da Universidade Cidade de São Paulo (Unicid) revelou que joelho, perna, pés, tornozelo e coluna são as áreas mais afetadas. No material, detectou-se também quais são as lesões mais comuns. Tem de fratura por stress a canelite e distensão muscular. Saiba quais são as sete principais e suas causas.

1. Síndrome da banda iliotibial – É uma inflamação causada pelo atrito da banda iliotibial com a lateral do fêmur, e geralmente causa dores na lateral do joelho.

Causas: aumento exagerado do volume de treinos; usar ténis muito gastos; falta de força nos músculos abdutores; desalinhamento nos joelhos e nos tornozelos; encurtamento muscular nos membros inferiores; diferença maior que 1 centímetro no comprimento das pernas.

2Canelite – Inflamação no tecido que recobre a tíbia e provoca dores na canela.

Causas: aumento exagerado no volume de treinos; uso de ténis inadequado para o tipo de pisada ou muito gasto; falta de fortalecimento na musculatura da tíbia; pisada excessivamente pronada ou supinada; falta de alongamento nos músculos da panturrilha.

3. Fascite plantar – Inflamação da fáscia plantar — tecido que une o calcanhar aos dedos e serve para proteger os ossos do pé — que gera dores na sola.

Causas: aumento exagerado no volume ou intensidade de treinos; uso de ténis gastos ou com pouco amortecimento; excesso de peso; pés chatos ou com pronação e supinação excessiva.

4. Tendinite no tendão de Aquiles – Inflamação no tendão que liga o músculo da panturrilha ao calcanhar.

Causas: falta de repouso entre os treinos; aumento exagerado no volume ou intensidade do treinamento; excesso de peso; falta de força ou de alongamento na musculatura dos membros inferiores; pronação ou supinação excessiva.

5. Fratura por estresse – Microfraturas que ocorrem por causa do desgaste ósseo, geralmente acontecem nos pés, na tíbia e no fêmur.

Causas: correr em pisos muito duros ou irregulares; aumento excessivo do volume de treinos; fadiga muscular; usar Ténis muito gastos; rigidez nos tendões; idade.

6. Distensão muscular – É o rompimento das fibras musculares, ocorre principalmente na panturrilha e nos músculos da coxa.

Causas: sobrecarga nas atividades de alta intensidade; fadiga muscular; falta de flexibilidade; desequilíbrio de força muscular; postura incorreta durante a corrida; idade.

7. Condromalácia patelar – Dor no joelho provocada pelo atrito entre o osso do fêmur e a patela. Acontece quando a cartilagem patelar não está em perfeitas condições.

Causas: aumento excessivo do volume de treinos; correr sempre em pisos duros; falta de alongamento e fortalecimento muscular dos membros inferiores; excesso de peso.

(Fonte: trecho extraído de matéria publicada na Revista O2, edição 104, dezembro de 2011)