- Publicidade -

Ele liga os nossos pés a região lombar e quando é afetado causa muito incômodo e muitas vezes até incapacidade de andar. Não há causa exata, mas alguns fatores podem contribuir para causar problemas no nervo ciático que podem vir acompanhada de dores nas costas, glúteos e/ou nas pernas.
Esse nervo leva sensibilidade e movimento para os membros inferiores e é comum clinicamente descobrirmos qual região do nervo que está sendo afetado pela sensação do paciente. Tem paciente que sente mais do lado da perna, outros sentem mais na região do pé, na região da coxa, glúteos ou apenas lombar. Esses sintomas vão depender de qual segmento do nervo ciático está sendo afetado. O problema mais comum é o disco ceder posteriormente e acabar atingindo o disco nesse sentido. Quando atinge o paciente começa a sentir dor irradiada. O prognóstico é ruim quando a dor persiste por mais de 12 semanas, ou seja a recuperação é demorada e difícil.

A postura mantida de maneira inadequada por muito tempo é a maior causa de problemas no ciático, mas é possível sim tem problema ciático sem problemas na coluna. São formas mais raras, por exemplo um trauma, diabetes (em alguns casos degeneram o nervo), tumor ósseos ou próximos ao nervo, síndromes compartimentais do joelho (trauma direto), síndrome da carteira (carteira de dinheiro no bolso de trás da calça pode pressionar o nervo na posição sentada).

Engana-se quem pensa que problema ciático é problema de idosos, hoje uma grande parte dos jovens têm ou já sentiram dores no nervo ciático.

Quando surgir a dor, é importante consultar com um profissional qualificado, pois os sintomas são fáceis de confundir com outros problemas. É muito comum realizar tratamentos de ciático realizando massagens e exercícios no local da dor, em vez de avaliar a coluna.

Os sintomas da ciatalgia são claros como dormência com formigamento e um dolorimento que não é contínuo nem agudo. A dor aguda aparece apenas quando atinge a raiz nervosa, ou seja, geralmente no início. Essa dor pode ser apenas com o movimento ou não. Problemas circulatórios podem confundir com ciatalgia. Como diferenciar? Geralmente quando há inchaço junto da dor é problema circulatório.

Através de manobras, o fisioterapeuta consegue saber onde encontra-se a lesão.
Exercícios com tração, osteopatia, pilates, fisioterapia convencional tratam a ciatalgia da maneira certa, consulte o seu fisioterapeuta.