- Publicidade -

Normalmente, quando um corredor corre sozinho nunca se perde, pois vai muito atento aos sinais. As coisas tendem a mudar quando vai inserido num grupo, distrai-se e segue a ordem de quem vai à cabeça (que se pode enganar). Mais vale não arriscar e ir sempre atento aos sinais presentes.

Porém, nem sempre é o organizador quem tem a culpa de uma má sinalização. Em algumas situações a falta de sinais em zonas do percurso pode dever-se a algum “sabotador” ou por fenómenos como a chuva, vento ou animais de campo – normalmente vacas – que derrubam a sinalização. Algumas até comem os sinais!

Se está em plena corrida e já não vê um sinal há algum tempo no percurso, recomendamos-lhe que verifique se está numa reta grande antes de voltar para trás. Se assim for, continue a correr, mas baixe um pouco o ritmo para economizar as suas energias, até chegar a uma nova zona que requeira mudança de direção. Se nesse cruzamento não houver sinalização é porque está perdido. Nesta situação, mantenha a calma e não tente optar por outra trajetória para encurtar o caminho. Volte para trás com calma até encontrar o último sinal. A partir daqui preste muito mais atenção em todos os cruzamentos para não se voltar a perder.