Obstáculos na Serra com a Arrábida Challenge 2019

Obstáculos na Serra com a Arrábida Challenge 2019

0
- Publicidade -

 A Associação Atletismo Lebres do Sado com a parceria da Câmara Municipal de Setúbal e a organização técnica da Werun, realizaram a II Arrábida Challenge, no dia 24 de março de 2019 pelas 9h00.

Foi um evento de corrida de obstáculos, dividia em 2 escalões, competição e lazer. O percurso teve entre 20 a 30 obstáculos numa distância aproximadamente de 10 km;

Foram obstáculos naturais e artificiais de cariz predominantemente militar;

Todos os atletas tiveram direito ao kit do atleta é composto por uma t-shirt técnica unissexo, dorsal e chip (no caso da competição). 

Numa manhã com uma temperatura convidativa à pratica de desporto ao ar livre, a Arrábida foi o ponto de encontro para um desafio diferente, com ponto de partida e de chegada ao Parque Urbano de Albarquel.

Mais de 500 participantes, com partidas a iniciar com o escalão da competição, com saídas de 5 em 5 minutos de forma a evitar congestionamento ao longo do percurso com a organização levada a cabo pela Associação Atletismo Lebres do Sado.

Foi uma manhã que destaco as belas paisagens da Arrábida, composto por trilhos muito corriveis, dominante por obstáculos naturais, desde corrida pela praia, pela ribeira do parque de merendas, rastejar na lama, subidas à corda, monkey. bars, subida a paredes e a terminar com subida ao insuflável kamikaze, em direção à meta

Obstáculos pouco técnicos, mas que junto à beleza natural do percurso e com a simpatia dos voluntários fizeram que fosse uma manhã, que reuniu todos os ingredientes para passar uma bela manhã de Domingo.

Samuel Castela e Filipa Castela venceram isolados a vertente competitiva da prova de obstáculos que liga o mar à montanha.

Samuel Castela foi mesmo o vencedor absoluto, gastando o tempo de 44.58 minutos para cumprir o percurso.

Atrás dele, ficaram João Rebelo (Remo Clube Lusitano), que gastou quase três minutos mais (47.40), fechando o pódio com Tiago Duarte (Team Urban Obstacles), que fez 47,56 minutos.

Em femininos, Filipa Castela, também do LynxTeam, foi a mais forte, terminando a prova com 59.25 minutos, gastando quase três minutos menos que a segunda classificada, Eugénia Martins (1:02.20), enquanto a madrinha da prova, Margarida Fernandes (100%Tiger Box), que precisou de 1:06.05 horas para completar o percurso.

Por equipas, triunfo em masculinos do CrossFit Alphaden, em femininos triunfou o Arrabida Obstacles Runners, enquanto na vertente mista triunfou o LynxTeam. A equipa mais numerosa, com uma recordação, foi o Naus OCR Team.

 

Fotos 

Classificação