Os Benefícios corrida montanha

0

Como em muitos outros domínios, limitar-se a uma especialidade leva à privação da infinita riqueza da corrida pedestre… Com o verão, a meteorologia torna-se clemente na montanha e numerosas organizações florescem a oferecer a conquista dos cumes.

Desta forma, não será correcto esquecer esta especialidade atlética, tanto mais que ela traz benefícios de diversa ordem, permitindo desenvolver eficazmente qualidades que serão muito úteis na estrada! No plano físico a corrida de montanha desenvolve qualidades específicas particularmente úteis aquando do assalto ao asfalto: potência e força dos membros inferiores e desenvolvimento geral da musculatura, solicitada pela busca constante do equilíbrio no trabalho nas encostas. No plano do reforço muscular e tendinoso a corrida de montanha reforça os tendões e ligamentos na cintura pélvica, joelhos e ancas, pouco postos à prova nos percursos planos de asfalto.

No plano mental, a corrida de montanha permite romper com a monotonia dos percursos urbanos ao propor uma variedade de paisagens assombrosas associadas ao maravilhoso ambiente deste tipo de competições. No plano táctico, a corrida de montanha constitui a melhor escola para aprender a dominar o andamento em competição e a enfrentar os percursos com mudanças de ritmo de algumas meias maratonas ou maratonas.

Contrariamente à imagem que muitos corredores construíram, em particular atleta do sexo feminino, a montanha não é nada de imponente cuja transposição exija esforços sobre-humanos I Pelo contrário, as mulheres apresentam-se por vezes com vantagens relativamente aos homens, por uma melhor relação peso potência privilegiada em relação a estes. A associação endurece-musculação deste tipo de exercício facilita a eliminação de gorduras e o reforço muscular ao qual se acrescentará os benefícios do ponto de vista estético para as partidárias do calção ou mini-saia ..

A vantagem das corridas de montanha está na eliminação, logo à partida, do stress da luta contra o cronómetro e no privilegiar do esforço pessoal dando maior ênfase às reações31 do próprio corpo, em especial ao nível respiratório. A diferença na qualidade do ar provoca sensações sem paralelo, por vezes com grande impacto emocional, mas às quais nos habituamos com facilidade. A montanha não se domina mas, pelo contrário, oferece-se à descoberta e desfruta-se dela com uma alegria sem igual…

Texto publicado no site Mont-Blac Marathon