QUAL A MELHOR HORA PARA CORRER?

0

Toda a hora é hora para correr, mas veja alguns pontos positivos e negativos de  cada horário, é normal que você tenha um horário preferido para correr. Uns optam por treinar logo cedinho, outros no final da tarde e tem até quem prefira correr com o sol em horário de pico, para ganhar resistência. O importante é não exceder o seu limite e fazer como está habituado a treinar.

Mas, independente do horário, é preciso manter a segurança e alguns cuidados antes e depois dos treinos, que acontecem conforme de acordo com o turno da sessão, como a alimentação, vestimenta, entre outros.

Corrida matinal
Correr pela manhã é um dos horários considerados favoritos pelos praticantes. Pois, agora o atleta está mais descansado, a unidade relativa do ar está mais alta e a temperatura mais amena, o que colabora na qualidade do treino.

Além disso, a prática matinal aumenta a disposição para as tarefas ao longo do dia. “O bom da atividade feita pela manhã é que ela te deixa mais disposto, se sentir um cansaço excessivo, é preciso procurar a orientação de um profissional”, aconselha Enzo Amato, diretor técnico da assessoria desportiva que leva o seu nome.

O diretor técnico da Life Training Assessoria Desportiva Leandro Sandoval, ainda lembra que é preciso ficar atento à um bom alongamento e aquecimento, e também o pequeno almoço. Água, frutas e sucos naturais, pães e biscoitos integrais, iogurtes e queijos magros, barrinhas de cereal, são boas pedidas. Só não treine em jejum.

Tarde de treinos

Se você fica na correria do dia a dia e esse é o único tempo para treinar, os cuidados devem ser maiores com a temperatura e alimentação. Dependendo do clima da região onde treina, o tempo pode estar quente e mais seco.

Então, preocupe-se com protetor solar, água, boné ou viseira, óculos, roupas leves. “Pular o almoço para treinar ou treinar logo após comer não é indicado. A orientação de um nutricionista pode solucionar essa questão”, indica Amato.

Treinos noturnos

Correr à noite tem algumas vantagens similares com as dos treinos matinais, como a temperatura mais amena e a unidade relativa do ar mais alta, dependendo do lugar e da estação.

Além disso, alguns cuidados devem ser tomados em relação à segurança. “Cuidado com as partes escuras do percurso, pois um buraco ou desnível do piso poderão ser muito prejudiciais”, explica Sandoval.11

Use roupas claras e chamavas ou até coletes sinalizadores, corra em lugares mais iluminados, movimentados e acompanhado aumenta a sensação de segurança.Sandoval ainda fala da importância de uma refeição balanceada antes e depois dos treinos noturnos, para que proporcione energia suficiente para a atividade e ajude na recuperação.

Fonte: www.ativo.com