- Publicidade -

urante décadas, muitas pessoas pensavam que as meias maratonas eram provas demasiado longas para serem disputadas numa pista de atletismo, mas demasiado curtas para os jogos olímpicos. Contudo, os tempos mudaram. O corredor argentino Delfo Cabrera foi o primeiro vencedor de uma meia maratona depois de disputar os Campeonatos Sul-Americanos em 1952.

Delfo correu os 21.097 quilómetros em pouco mais de uma hora, finalizando com uma marca de 1:09:19. Apesar de ao longo dos anos terem surgido mais meias maratonas por todo o mundo, a IAAF (Associação Internacional de Federações de Atletismo) não organizou o primeiro campeonato do mundo de meia maratona até 1992.

Ainda que a meia maratona seja uma prova relativamente jovem, continuou a evoluir e é atualmente um dos eventos mais populares e com maior crescimento no mundo do running. Esta prova não requer o mesmo esforço titânico necessário para uma maratona, mas não deixa de criar numerosos desafios para todos os corredores que estejam em forma e com um corpo saudável. De facto, se for corredor, treinar para uma meia maratona pode ser o modo perfeito para manter o corpo em forma. No questionário da página seguinte podem estar as respostas às suas principais dúvidas.

stou preparado para a meia maratona?
Se tem corrido cerca de 3-4 vezes por semana durante os últimos seis meses, com um mínimo de 5 km em cada treino, de certeza que está preparado para começar a treinar com o intuito de uma meia maratona. Caso reúna estas condições, terá as pernas suficientemente fortes para completar a parte fundamental do treino, que consiste em passadas longas lentas (PLL).

Devo seguir o meu plano de treinos de um modo muito restrito?
Deve segui-lo o mais rigorosamente que puder, ainda que não exista nenhum problema se juntar alguma variedade ao mesmo. Um plano de treinos é orientador e não uma ordem inquestionável. Assegure-se sempre de que dedica tempo suficiente para recuperar entre os treinos, sobretudo depois das PLL e dos treinos de tempo (fortes). Também pode planear praticar outros desportos para a recuperação, como natação, ciclismo ou Aqua Jogging.

Estou habituado a fazer pausas nos treinos de corrida e caminhar um pouco. Posso continuar a fazê-lo?
Sim, pode. Numa fase inicial continue a treinar como fazia antigamente, mas tente inserir alguma mudança, como correr durante 4 minutos, seguidos de 1 minuto a caminhar. À medida que melhorar a sua resistência, aumente o tempo que passa a correr.

O que posso fazer se vir que um dia de descanso não é o suficiente?
Vá com calma e dedique um segundo dia a descansar. Nesse segundo dia pode fazer alguns alongamentos ou um treino ligeiro com pesos. Também pode ser útil modificar as suas passadas longas. Tente correr 20 segundos a mais por quilómetro, coma mais proteínas depois de treinar e beba mais antes e durante a sua passada mais longa.

Tenho algumas dores depois de treinar. Como é que sei se posso continuar a treinar em segurança?
Se for uma dor que desaparece 10 minutos depois de correr e não reaparece nos dias seguintes, o mais normal é que não tenha nenhum problema. Mas se a sensação de dor for mais intensa (por exemplo, se o obriga a mudar de postura ao correr), é melhor deixar de treinar. Se a dor não passar num par de dias, pode ser o momento indicado para consular o seu médico.