Sete erros posturais a corrigir

0

Manter uma postura errada durante a corrida prejudica o desempenho e pode levar a uma série de dores e lesões. O ideal é manter o tronco ligeiramente inclinado para a frente, a cabeça centrada e os braços agindo como pêndulos ao lado do corpo, com os cotovelos flexionados em 90°. As mãos devem permanecer semicerradas e o indicado é evitar a rotação lateral do tronco. Para uma melhor orientação, observemos os erros a evitar:

1. Exagerar nos movimentos

 A corrida é um desporto que exige velocidade e economia de energia. Portanto, quem corre precisa saber que qualquer gesto ou movimento realizado, desnecessariamente, se repercutirá no desempenho.

2. Olhar para baixo e curvar-se muito à frente

 Pode causar uma cifose (curvatura para a frente) na coluna dorsal, provoca dores na lombar e na região cervical (pescoço).

3. Inclinar o corpo para trás durante a corrida

 O hábito pode levar a uma lordose (aumento da curvatura) da coluna, desperdiça energia nas passadas e favorece dores nas costas, contraturas e torcicolos.

4. Ter glúteos fracos

Seja por excesso de treino ou por falta de fortalecimento adequado da região  dos glúteos, a bacia pode pender de um lado para o outro além do normal, e pode provocar escoliose (desvio da coluna vertebral)e dores na bacia.

5. Correr em terrenos lateralmente inclinados

Em bermas de estrada ou praias com ascensões, obriga à inclinação da coluna e sobrecarrega a musculatura das costas e das pernas. Pode provocar inflamações na região dos quadris, como uma tendinite na banda iliotibial (faixa de fibras que ligam a bacia ao joelho).

6. Correr com os ombros fechados

Ou seja, em rotação interna. Dificulta a respiração, em especial a inspiração.

7. Girar em excesso os pés

 Tanto para dentro como para fora, obriga a um esforço acrescido dos  joelhos e tornozelos.

Para manter uma boa postura é fundamental realizar exercícios educativos e alongamentos. No entanto, é preciso lembrar que cada corredor tem uma postura particular para a corrida. Mesmo com pequenos desvios do habitual, pode ser adequada para ele e não o levar, necessariamente, a lesão. O importante é lembrar que nunca será normal que a corrida desencadeie dores na coluna, seja durante ou após os treinos.

Fonte: http://esportes.terra.com.br